O Congresso

HIGIENISTAS  ALIMENTARES: ESPERAMOS TODOS EM GRAMADO, EM ABRIL DE 2013!

Caríssimos Colegas Higienistas Alimentares, militantes das variadas áreas das ciências alimentares, sediados no Brasil e em toda a América Latina:  estamos envidando todos os esforços, há quase dois anos, para recepcioná-los e hospedá-los condignamente em Gramado, no Rio Grande do Sul, entre os dias 23 e 26 de abril de 2013, para o nosso encontro bienal, com a 6ª versão do Congresso Latinoamericano e a 12ª do Brasileiro de Higienistas de Alimentos.

O ano de 2013 se avizinha para a indústria de alimentos com enorme expectativa, motivada pelas enormes transformações que ocorreram na concepção de produção, industrialização e distribuição dos alimentos,  decorrente das novas e improrrogáveis exigências de sustentabilidade e “saudabilidade” dos produtos elaborados.

Ao elegermos como tema central dos eventos “OS ALIMENTOS SOB A ÓTICA DA SUSTENTABILIDADE: ENTRE A CONSCIÊNCIA E A PRÁTICA, preocupou-nos justamente as novas características que se agregam à indústria alimentícia, tendo em vista as imposições crescentes de segurança, tanto do alimento, quanto do ambiente e do consumidor. Variáveis como sustentabilidade, agroecologia, bem-estar animal, funcionalidade, saúde física e mental, sensoriabilidade, prazer, marcarão o futuro da empresa de alimentos, que será desafiada a cada instante para inovar e transformar os alimentos em promotores de saúde, que dêem prazer, segurança orgânica e mental, enfim, que realizem o consumidor e não apenas o satisfaça nutricionalmente. Para a indústria, será o desafio de buscar o chamado “alimento inteligente”.

Entretanto, a indústria somente conseguirá suplantar tais desafios através de uma ação profissional aguerrida, atualizada, consciente, que protagonize os novos cenários e a nova filosofia que se descortina para os alimentos. Será necessário e urgente que nos comprometamos com os novos tempos e, através do conhecimento, da ciência e da pesquisa, enveredemos por esse novo mundo, sem descuidarmos, todavia, de antigos problemas que ainda pedem solução em nosso País, como o desperdício, a clandestinidade, a fraude, a falta de qualidade dos alimentos. Dos profissionais será exigida competência para uma visão ampla e diversificada em relação aos novos cenários: de um lado, a busca e a compreensão incessantes das novas tecnologias oferecidas, para aumento da produção e produtividade dos alimentos para uma população mundial que, segundo relatórios da ONU e do Banco Mundial, continuará crescendo nos próximos 40 anos e atingirá 9 bilhões de habitantes. De outro, a necessidade de garantir que o aumento da produção não se faça à custa da destruição do ambiente, com uso exagerado de água, aumento da emissão de gases, grande apelo químico, crueldade com os animais, etc.

Para o profissional brasileiro restará um desafio a mais: conseguir entender e trabalhar tentando compatibilizar o avanço tecnológico mundial na produção de alimentos, com a situação existente no Brasil,  onde várias realidades se cruzam ao mesmo tempo: indústrias de porte e grau tecnológico diferentes, produção clandestina, elaboração artesanal protegida pelo governo, deficiências nutricionais de extratos significativos da população, particularmente infantil e adolescente,  transtornos e doenças humanas advindos do abuso de alimentos industrializados, como a obesidade, presença de zoonoses de origem alimentar, fraudes alimentares, elevado grau de desperdício em alimentos, entre tantos outros desafios.

Os Colegas advindos de todas as regiões brasileiras e da América Latina encontrarão um programa técnico-científico que contemplará todas essas questões e, mais ainda, terão a oportunidade de interagir com seus pares e com especialistas renomados, convidados das mais conceituadas instituições do País e do exterior. Serão três dias de árduo trabalho, durante os quais a matéria técnica, a experiência profissional e a pesquisa serão discutidas e avaliadas detalhadamente. Dias de trabalho entremeados de amizade e solidariedade entre amigos e colegas, e desfrutados tendo como fundo a paisagem e arquitetura excepcionais de Gramado e a hospitalidade característica de nossos irmãos do Rio Grande do Sul. Marquem, pois, na agenda: Gramado, RS, 23 a 26 de abril de 2013 - presença obrigatória para Higienistas de Alimentos.  
 

Comissão Organizadora